Notícias Notícias do Setor

Reunião de Associados

atualizado em 12/12/2018

Confiança do empresário e do consumidor sinaliza um horizonte melhor para 2019

Esta foi uma das melhores informações repassadas durante a divulgação do balanço do ano e das perspectivas para 2019, realizada em reunião com Associados do Sinduscon-PR, no dia 4 de dezembro. O índice de confiança do empresário da indústria da construção, divulgado pela CNI, subiu para 60,7 pontos no mês de novembro (pós-eleições), sendo que a média histórica é de 52,9. O índice de confiança do consumidor também teve um pico significativo em novembro, elevando-se para 113,6 pontos, o maior valor desde janeiro de 2014. "Este índice é muito importante pois mostra o ânimo dos empresários para o investimento. Muitos estavam com seus projetos engavetados aguardando os resultados das eleições, e agora estão retomando seus lançamentos, voltando a gerar emprego, e os consumidores também estão se sentindo mais seguros para comprar", explica Marcos Kahtalian, Vice-Presidente de Banco da Dados do Sinduscon-PR.      Ele destaca que 2018 começou com expectativas positivas, a previsão para o PIB era de crescer até 3%, mas infelizmente houve alguns eventos negativos que impactaram na economia brasileira, como a greve dos caminhoneiros, que acabou antecipando o cenário de incertezas do período eleitoral. "Todos os setores foram atingidos pela crise, mas a construção foi certamente a atividade mais prejudicada, pois sofreu uma contração muito grande", considera, acrescentando que o PIB da construção deve fechar o ano com queda de 0,5% e a projeção para 2019 é um aumento de 2%.

 Algumas sinalizações positivas para o próximo ano

Faturamento da indústria de materiais de construção (jan-set/18): +1,2%

Produção Física Industrial de insumos típicos da Construção - jan-set/18 em relação a jan-set/17:  +1,3%

Financiamento imobiliário SBPE: jan-set/18 em relação a jan-set/17 (em valores) +25%

Geração de vagas com carteira assinada em 2018 - de jan a out: +82.097

Número de trabalhadores com carteira assinada (ago/2018): 2.075.677

"A construção civil perdeu mais de um milhão de empregos diretos no período da crise, e agora está começando uma fase de recuperação. Este ano já foram criadas quase 3 mil vagas (2.841 vagas) de janeiro a outubro, em Curitiba e Região Metropolitana", informa Kahtalian.

Financiamento Imobiliário

Os financiamentos imobiliários com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE) devem crescer 26% este ano, somando um montante de R$ 54 bilhões em empréstimos. Já as liberações provenientes do FGTS devem avançar apenas 3%, fechando com valor aproximado de R$ 61 bilhões, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). "Outros setores estão de olho no dinheiro do FGTS, o que preocupa muito a indústria da construção pois este recurso é vital para a continuidade do programa Minha Casa Minha Vida", frisa.

Mercado Imobiliário de Curitiba O ano de 2018 deve fechar com aproximadamente 13 mil unidades liberadas para construção, o que representa um aumento de 33% em relação ao ano passado (9.744). "Este dado nos ajuda a olhar para o futuro, significa que teremos uma produção imobiliária maior em 2019", explica Kahtalian.

Em termos de unidades concluídas, foi expedido Habite-se para 10 mil unidades, número 13% menor do que de 2017, reflexo da baixa produção nos últimos anos.

Os lançamentos imobiliários despencaram este ano. "Já vínhamos de um movimento de queda e em 2018 devemos fechar com apenas 2.500 unidades lançadas. Isso porque os empreendedores seguraram seus projetos até passar as incertezas do cenário eleitoral", diz.

Mas o horizonte para 2019 é bem melhor. "Os sinais são bons, principalmente por conta da retomada da confiança do consumidor e do empresário", considera o VP de Banco da Dados. Além disso, existe a pressão da demanda e do ciclo demográfico. "Curitiba tem cerca de 2 milhões de habitantes, 700 mil famílias e faz todo ano 11 mil casamentos, além de 3500 separações oficiais, quer dizer, são pessoas e famílias que buscarão imóveis pelo momento de vida", explica.

"Uma notícia muito boa é que o estoque de imóveis novos está muito baixo, com menos sete mil unidades verticais, sendo que, destes, apenas 50% está efetivamente pronto para morar. E Curitiba vende todo ano aproximadamente 4 mil imóveis novos", destaca.


Pesquisa revela ânimo dos empresários para 2019

O Sinduscon-PR encomendou uma pesquisa para analisar as perspectivas para 2019 em termos de contratação de mão de obra, nível de atividade e lançamentos imobiliários. A sondagem foi feita com 200 empresas do setor da construção civil, entre os dias 19 e 27 de novembro de 2018 (pós-eleições). Dentre as empresas entrevistadas, 47% são de pequeno porte, 32% de médio porte e 21% grandes, sendo que 80% atuam na área de prestação de serviço, 11% com obras públicas e 9% são incorporadoras.

 O número mais significativo da pesquisa é que 93% pretendem manter (53%) ou ampliar (40%) o número de funcionários em 2019. "Esta é uma informação muito positiva, significa que os empresários estão realmente pensando em investir e para isso precisarão contar com mais trabalhadores", destaca Marcos Kahtalian, Vice-Presidente de Banco de Dados do Sinduscon-PR. A pesquisa revela que a intenção dos empresários que desejam contratar é de ampliar o quadro funcional em até 11%, o que refletiria na geração de 674 novas vagas. "Se formos extrapolar este índice para o total de pessoas ocupadas no setor em Curitiba e Região Metropolitana, podemos estimar que serão gerados de 5 a 6 mil novos postos de emprego na construção civil, em 2019", pondera Kahtalian.

As incorporadoras e as empresas que atuam com obras públicas são as que mais pretendem contratar novos colaboradores no ano que vem: 56% e 55%, respectivamente. Nível de atividade

Outro dado relevante apresentado na pesquisa é que 59% das empresas têm intenção de aumentar o nível de atividade no próximo ano.

 Previsão de lançamentos para 2019

Questionados sobre novos projetos, 33% têm intenção de lançar empreendimentos imobiliários no próximo ano e 28% já têm lançamento programado, somando um total previsto de 324 unidades.

Image title

Image title


Arquivos para Download

Arquivo Tipo
Apresentação Balanço 2018 PPTX DOWNLOAD

Publicidade
Anuncie aqui (novo site)

Parceiros

Receba por e-mail

Cadastre-se e receba nossas newsletters.