Notícias Notícias do Setor

Encontro Nacional da Construção debaterá o futuro do trabalho

publicado em 09/04/2019

Image title

Trazer novas perspectivas sobre proteção ao trabalhador é o objetivo da programação preparada pela Comissão de Políticas de Relações Trabalhistas (CPRT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) para o 91º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic) deste ano. Será uma série de painéis conjuntos com outras comissões, com o propósito de aprofundar e diversificar a discussão em torno do assunto.

Promovido pela CBIC, o evento ocorrerá de 15 a 17 de maio, no Windsor Expo Convention Center, no Rio de Janeiro. Participarão empresários da construção civil e da incorporação imobiliária, além de representantes do governo, especialistas brasileiros e internacionais. As inscrições estão abertas.

O primeiro painel da CPRT, no dia 16 de maio, será conjunto com a Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat) e a Comissão de Responsabilidade Social (CRS) da CBIC, mostrando a sinergia das comissões técnicas da entidade para a inovação do trabalho no setor. O tema definido é “O Futuro da Construção: Inovação e Trabalho”.

“O Futuro da Construção: Inovação e Trabalho”

De acordo com o vice-presidente da área de Políticas de Relações Trabalhistas da CBIC, Fernando Guedes, o setor da construção está mudando substancialmente. Por isso, é importante analisar como a aplicação das novas tecnologias afetará o perfil dos trabalhadores da área, que precisarão se atualizar e se capacitar.

“Para tratar do futuro da construção é essencial tratar do futuro das relações de trabalho no setor: quais serão as competências do trabalhador do futuro? Como ele absorverá as novas tecnologias? Como tratar a questão da qualificação, diante das inovações que surgem? Como as empresas devem se preparar? ”, comenta Guedes.

A primeira exposição do painel, a cargo da Comat, abordará a iniciativa Construção do Futuro, da CBIC, que visa estudar as perspectivas para a construção nas próximas décadas. “Novas etapas do projeto foram cumpridas e tratá-las em conjunto com outras comissões só aumenta o grau de cultura e eleva a qualidade do debate”, diz o vice-presidente da área Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade da entidade, Dionyzio Klavdianos.

A seguir, representantes da CPRT farão apresentações sobre as transformações na área de segurança e saúde no trabalho trazidas pelas mais recentes inovações. “Nesse panorama, como o setor da construção tem um perfil histórico de transformação social, é importantíssimo o posicionamento da CBIC nas discussões”, acrescenta Guedes.

Finalmente, uma terceira palestra da CRS tratará do aspecto social desse debate. “A ideia é levantar questões sobre como inserir o trabalhador e os gestores nessa nova agenda e quais competências serão necessárias para que cada um possa se adaptar às tecnologias”, adianta a vice-presidente da área de Responsabilidade Social da CBIC, Ana Cláudia Gomes.

Em 17 de maio, serão dois painéis da CPRT. O primeiro tratará de solução de conflitos nas relações trabalhistas. O segundo será junto ao Conselho Jurídico da CBIC e abordará as formas de contratação na indústria da construção.


Publicidade
Anuncie aqui (novo site)

Parceiros

Receba por e-mail

Cadastre-se e receba nossas newsletters.